PREMIO NACIONAL "MEMORIA E IDENTIDADE"

O Prémio Memória e Identidade foi instituído em Angra do Heroísmo no ano de 2012, e visa distinguir as personalidades que mais se destacaram nas áreas da salvaguarda e da valorização do património cultural, sob o lema “Transformar sem destruir, crescer sem devorar as raízes”.

Pretende enaltecer a carreira de quem se destacou ao longo da vida nas áreas da arquitetura, da engenharia, da história e das artes, pugnando sempre pela defesa e pela divulgação dos centros históricos, enquanto conjuntos representativos de valores culturais e artísticos, cuja memória importa preservar e cuja vida se impõe dinamizar.

Personalidades distinguidas com o prémio:

2012 - Álvaro Siza Vieira

2013 - José Augusto-França

2014 - Frederico Mendes Paula e José Miguel Correia Noras

2015 - Adriano Vasco Rodrigues e João dos Santos de Sousa Campos

2016 - Júlio Pomar

2017 - António Ramalho Eanes

2018 - Alexandra Gesta e José Júlio Eloy

2019 - Jorge Sampaio

2020/2021 - Cláudio Torres

2020-21

Cláudio Torres

2018

Alexandra Gesta

2017

António Ramalho Eanes

2015

João dos Santos de Sousa Campos

2014

Frederico Mendes Paula

2013

José Augusto-França

2019

Jorge Sampaio

2018

José Júlio Eloy

2016

Júlio Pomar

2015

Adriano Vasco Rodrigues

2014

José Miguel Correia Noras

2012

Álvaro Siza Vieira